Corpo do artilheiro Cláudio Milar é sepultado no Uruguai

O corpo do atacante Cláudio Milar foi sepultado na manhã deste sábado no Chuy, cidade uruguaia localizada na fronteira com o Brasil. O jogador estava no ônibus que capotou no anel de acesso da RS-471 à BR-392, com a delegação do Brasil de Pelotas a bordo, na noite de quinta-feira. Centenas de pessoas acompanharam o cortejo até o cemitério municipal, lamentando o final trágico, aos 34 anos, do artilheiro que começou a carreira no Nacional de Montevidéu e alternou passagens por times na Argentina, Tunísia, Israel e Polônia, no exterior, e de São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, no Brasil. As outras duas vítimas, o zagueiro Régis e o preparador de goleiros Giovani Guimarães, foram enterradas na tarde de sexta-feira, em Pelotas.O acidente provocou algum tipo de ferimento em quase todos os 45 passageiros do ônibus. Oito deles seguem internados. O técnico, Armando Desessards, está no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. Os demais ficaram no Hospital São Francisco de Paula, em Pelotas. O médico do clube, André Guerreiro, disse que nenhum dos pacientes corre risco de morte.Os casos mais graves são os do volante Edu e do assistente técnico Paulo Roberto Mathias. Eles tiveram partes da musculatura das suas pernas arrancadas durante o acidente e terão de passar por um longo período recuperação. O lateral-esquerdo Alemão e o meia Uendel, ambos com fraturas no úmero, passarão por cirurgia e terão de ficar cerca de seis meses afastados dos campos. O meia Xuxa e os laterais Adriano Sella e Rafael Gaúcho, com traumatismos, devem sair do hospital nos próximos dias. O futuro do clube ainda é incerto. Com tantas baixas, o Brasil está sem time para disputar o campeonato gaúcho, que começa na terça-feira. As hipóteses em discussão são um licenciamento especial para ficar fora da competição deste ano sem perder a vaga para o ano que vem ou a aceitação de jogadores que outros clubes se dispõem a emprestar para a montagem emergencial de uma equipe. O presidente Helder Lopes vai tratar do assunto com os demais diretores e conselheiros durante o final de semana e se reunir com o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.