Correa comemora; Baiano está alerta

As alterações promovidas por Leão no time palmeirense agradaram Correa, mas deixaram Baiano em alerta. O primeiro voltou à sua posição de origem, como volante. E o segundo terá nova chance na lateral direita, mas está ciente de que voltará para o banco se não agradar, complicando sua situação para o ano que vem, já que Leão dispensará um lateral-direito (o outro do elenco é André Cunha) para ficar com Paulo Baier, do Goiás.?Todos sabem que a posição de volante é o meu lugar de origem?, disse Correa, sorridente. Já Baiano não escondeu a preocupação e admitiu que andava abatido. ?Ninguém desaprende a jogar. Só tenho de voltar a mostrar confiança?, disse. ?E ninguém gosta de ficar fora até do banco de reservas, como vinha acontecendo comigo. É por isso que vou procurar agarrar essa chance.?Outro jogador que ganha nova oportunidade é o zagueiro Gláuber para o lugar de Daniel, suspenso. Para que o canhoto entre na equipe, Gamarra jogará pelo lado direito da zaga, como faz na Seleção Paraguaia. ?Para mim, não atrapalha nada?, disse Gamarra. ?Já estou acostumado a jogar pela direita e além disso o Gláuber é um bom zagueiro.?Gláuber, 22 anos, não poupa elogios ao veterano paraguaio, de 34. ?O Gamarra é um zagueiro diferenciado. Tem ótima noção de posicionamento e fala bastante, orientando toda a zaga.?A diretoria envia na segunda-feira um atestado da Polícia Militar liberando o Palestra Itália para receber o jogo do dia 13, contra o São Paulo. Por enquanto, a partida está marcada para o Pacaembu. Mas o técnico Leão não abre mão de disputar o clássico no estádio palmeirense.

Agencia Estado,

22 de outubro de 2005 | 09h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.