Divulgação
Divulgação

Após queda, Joinville renova contrato do técnico PC Gusmão

Técnico é aposta da equipe para subir de novo em 2016

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2015 | 08h49

Contratado no final de julho, PC Gusmão falhou na tentativa de salvar o Joinville do rebaixamento e, a duas rodadas do fim do Brasileirão, já vê o time matematicamente relegado à Série B do ano que vem. Mesmo assim, a diretoria optou por renovar o contrato do treinador, que fica até o fim do ano que vem.

Quando PC Gusmão assumiu o comando do time, o Joinville já era o último colocado, com nove pontos conquistados em 15 rodadas. Substituindo Adilson Batista, levou o time a somar 22 pontos em 21 rodadas. Mesmo no returno, a equipe é a segunda que menos pontuou, melhor apenas que o Fluminense.

Já pensando em 2016, o Joinville acertou a contratação do experiente Flávio Trevisan, ex-Corinthians, para ser o preparador físico do elenco na próxima temporada, assumindo a função já nestas últimas duas rodadas do Brasileirão.

Também o elenco está sendo reformulado. Foram dispensados o lateral-direito Arnaldo, o zagueiro Dankler, o volante Geandro, o meia Lucas Crispim e os atacantes Bruno Furlan, William Henrique e Marion. Dankler volta ao Botafogo, Lucas Crispin ao Santos e Marion ao Atlético-MG.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.