Correção: Corinthians supera Vitória e entra no G-4

A nota enviada anteriormente contém um erro. O Vitória possui 21 pontos, na sexta posição da tabela do Campeonato Brasileiro, e não 12, como foi noticiado.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

23 de julho de 2009 | 23h28

Mesmo com cinco desfalques, o Corinthians superou o Vitória por 2 a 1, nesta quinta-feira, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paulista subiu para 23 pontos e assumiu o quarto lugar - o líder Atlético Mineiro bateu o Fluminense e tem 28. O Vitória é o sexto colocado, com 21.

Este foi o primeiro jogo do Corinthians sem Cristian e André Santos, negociados com o Fenerbahce, da Turquia. Jucilei jogou no meio-campo e Diego foi improvisado na lateral-esquerda. O técnico Mano Menezes ainda não teve Alessandro e William, machucados - Diogo e Jean foram escalados. Jorge Henrique, gripado, começou no banco e Morais entrou como titular.

Apesar das mudanças no time, o Corinthians não teve problemas de entrosamento e emplacou um futebol de toques rápidos. O primeiro gol surgiu aos 21 minutos. Ronaldo fez belo passe para a área. Dentinho ajeitou com categoria, matou no peito e bateu forte para o gol - na comemoração, ele homenageou Lulinha, emprestado nesta quinta-feira para o Estoril, de Portugal.

Douglas, que deve ter jogado a sua última partida pelo time, também começou como titular. Ele foi um dos principais jogadores em campo. De seus pés, saiu o passe para o segundo gol. Aos 29 minutos, o meia deixou o zagueiro Jean na cara do goleiro Viáfara. Ele chutou forte e estufou as redes.

O jogo na etapa inicial foi dominado pelo Corinthians. Contudo, um erro na marcação aos 42 minutos possibilitou ao Vitória chegar ao primeiro gol. Leandro Domingues fez passe para Apodi nas costas do zagueiro Chicão. O lateral-direito entrou na área e tocou na saída de Felipe para descontar.

O ritmo dos donos da casa caiu no segundo tempo. Destaque nas últimas vitórias, Ronaldo teve uma atuação apagada. O Fenômeno, que já assinalou 17 gols pelo alvinegro, bateu seu recorde de jogos consecutivos na temporada - seis. Como não levou amarelo, poderá defender o clube no clássico contra o Palmeiras.

Com Ronaldo discreto na partida, a responsabilidade recaiu sobre Felipe, que teve uma atuação de destaque e garantiu a vitória com belas defesas. Na melhor delas, aos 32 minutos, o goleiro tirou a bola com os pés após desvio do atacante Roger, livre, dentro da pequena área.

Na próxima rodada, o Corinthians fará o clássico com o Palmeiras, domingo, em Presidente Prudente, no interior paulista. Já o Vitória vai encarar o Coritiba, no mesmo dia, no Barradão, em Salvador.

Ficha Técnica:

Corinthians 2 x 1 Vitória

Corinthians - Felipe; Diogo, Chicão, Jean e Diego; Jucilei, Elias e Douglas (Moradei); Morais (Jorge Henrique), Dentinho (Marcinho) e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Vitória - Viáfara; Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins; Apodi (Ramon), Magal (Itacaré), Uellinton, Leandro Domingues e Leandro; Willian (Bida) e Roger. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols - Dentinho, aos 21, Jean, aos 29, e Apodi, aos 42 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Felipe, Elias, Dentinho (Corinthians); Wallace, Victor Ramos, Anderson Martins e Magal (Vitória).

Árbitro - Nielson Nogueira Dias (PE).

Renda - R$ 790.364,50.

Público - 23.912 pagantes.

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.