Correção: Gilberto prevê jogo duro de Cruzeiro e Santos

A nota enviada anteriormente continha um erro. Diferentemente do informado, o treinador do Cruzeiro é Adílson Batista. Segue a nota corrigida.

AE, Agencia Estado

14 de agosto de 2009 | 20h09

O Cruzeiro quer embalar no Campeonato Brasileiro após a vitória contra o Coritiba, domingo, fora de casa, e abandonar de vez o perigo do rebaixamento. Mas para isso, precisa vencer o Santos no domingo, uma equipe bem montada e difícil de ser vencida, segundo o lateral Gilberto.

"O jogo contra o Santos vai ser difícil, já que é uma equipe bem montada. Mas sempre tenho o pensamento positivo de fazer o melhor e vencer mais um jogo. Principalmente, diante dos torcedores", destacou o lateral, que não atua no Mineirão desde 1998.

Cotado para atuar no meio com a lesão de Athirson e a saída de Wagner, Gilberto garantiu que Adílson Batista não definiu sua função. Ele ressaltou ainda que a equipe precisa estar focada para subir na classificação - atualmente é a 14ª, com 20 pontos somados.

"Não foi definido se eu vou jogar na armação. Mas o importante é que eu consegui estrear e a equipe venceu. O Cruzeiro precisa somar pontos e subir na tabela. Então, é importante que o time esteja focado nisso", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiroGilberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.