Correção: Treinador do Cruzeiro aposta nas laterais

A nota enviada anteriormente continha um erro. Diferentemente do informado, o treinador do Cruzeiro é Adílson Batista. Segue a nota corrigida.

AE, Agencia Estado

14 de agosto de 2009 | 19h58

A lesão sentida por Léo no Santos gerou mudanças nas laterais da equipe e Pará será improvisado na esquerda, enquanto George Lucas estreará pela direita. Ciente da mudança, o técnico do Cruzeiro, Adílson Batista, quer explorar os lados do campo para a partida de domingo entre as duas equipes, no Mineirão.

"O Cruzeiro ataca usando as duas laterais. Chegamos com bastante gente e é um time que joga para frente. O número de gols no Brasileiro não é o ideal, mas daqui a pouco a gente recupera", afirmou o treinador sobre a equipe, que com 18 gols tem o pior ataque do Campeonato Brasileiro, ao lado do Atlético Paranaense.

Prevendo dificuldades contra o Santos, principalmente após os últimos tropeços do adversário, Adílson Batista pediu cautela à equipe mesmo jogando em casa.

"Eles desperdiçaram alguns pontos contra o Flamengo e com o Avaí. Também perderam alguns jogos em casa e poderiam estar brigando pelo título. É um adversário tradicional e precisamos ter cuidado e respeito para ter condições de vencê-los", concluiu o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.