Hélvio Romero|Estadão
Hélvio Romero|Estadão

Corrida de rua pode atrapalhar São Paulo x Palmeiras no Pacaembu

Novo horário faz clássico será junto com prova na região do estádio

Ciro Campos, Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

07 de março de 2016 | 20h57

Com a decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF) em alterar o horário do clássico entre São Paulo e Palmeiras no próximo domingo para às 11h resolveu um problema, mas pode ter criado outro. Uma corrida de rua está marcada para acontecer nos arredores da praça Charles Miller e os organizadores da prova não estão dispostos a mudar a data do evento.

A FPF antecipou o jogo, válido pelo Campeonato Paulista, das 16h para a parte da manhã para evitar coincidência de horário com os protestos contra a presidente Dilma Rousseff agendados para às 15h30 na avenida Paulista. A mudança, porém, cria conflito de horário como uma corrida de rua.

Segundo os responsáveis do Circuito das Estações, nome da prova, estão inscritos 12 mil competidores e, pelo menos mais 3 mil membros da organização. Serão feitas duas largadas, às 7h e depois às 8h, na frente do estádio e em percursos de 5km e 10 km. 

Pelo menos até as 10h da manhã a avenida deve ter o trânsito bloqueado nos dois sentidos. Os organizadores da prova preveem, entretanto, que até 10h30 terá competidores correndo pela avenida Pacaembu, a principal via de acesso ao estádio municipal.

Até a noite desta segunda-feira, os organizadores da corrida não tinham recebido nenhum comunicado da PM sobre o novo horário do jogo. A intenção é tentar manter a prova, já que muitos dos competidores são de outros Estados ou cidades e viajarão para São Paulo apenas para participar.

Além disso, a prova é uma das mais importantes entre as corridas de rua e existem muitos patrocinadores envolvidos no projeto. O cancelamento ou adiamento só deverá acontecer caso a PM obrigue.

A possibilidade de ter a prova e o clássico ao mesmo tempo é algo pouco provável, já que existe uma grande estrutura para a realização da corrida, inclusive com o aparato policial que seria utilizado na segurança da partida. Existem, por exemplo, grades que serão utilizadas para separar os competidores dos transeuntes que podem ser utilizadas em uma possível confusão de torcida.  A inscrição para a corrida tem preços que variam de R$ 124,99 a R$ 189,99, de acordo com outros benefícios.

Em nota enviada ao Estado, a organização da prova reiterou que ainda não foi informada da alteração do horário da partida. "A prova 'Circuito das Estações São Paulo – Etapa Outono' continua confirmada para o dia 13 de março, data previamente marcada e autorizada há mais de três meses pelos órgãos públicos. A corrida possui mais de 10 mil participantes inscritos e espera receber cerca de 15 mil pessoas. Entende-se as razões pelas quais o horário do jogo foi alterado, contudo tal mudança parece temerosa. Apelamos para que não seja a parte mais fraca a sofrer as consequências." 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.