Divulgação
Divulgação

Cortado da seleção, Rafael inicia fisioterapia no Santos

Goleiro sofreu um edema ósso no cotovelo direito, teve que deixar a seleção brasileira, e agora retoma atividades no clube

O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2012 | 17h55

SANTOS - Cortado da seleção brasileira olímpica às vésperas da estreia nos Jogos de Londres, o goleiro Rafael iniciou nesta segunda-feira os trabalhos de fisioterapia no CT do Santos.

O jogador sofreu um edema ósseo no cotovelo direito ao trombar com um boneco de madeira num treinamento de saída de gol durante a atividade da terça-feira passada, no CT do Arsenal, dois dias antes do jogo contra o Egito.

Diante da impossibilidade de recuperação a curto prazo, Rafael foi cortado da seleção e o técnico Mano Menezes escolheu Neto, da Fiorentina, como novo titular. Gabriel, do Milan, virou o goleiro reserva.

"Obrigado a todos pelo carinho e já iniciei o tratamento para voltar com tudo para ajudar o Santos nesta recuperação no Brasileiro", disse o goleiro ao site oficial do clube alvinegro.

O Santos não divulgou qual será o tempo de recuperação de Rafael, que vem sendo substituído por Aranha no Campeonato Brasileiro. O time é o 16.º colocado, com 13 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.