Ernesto Rodrigues/Estadão
Ernesto Rodrigues/Estadão

Cortez ainda espera a diretoria definir o seu destino no São Paulo

Lateral é cobiçado por vários clubes, mas enquanto não for negociado vai ter de treinar separado do grupo

O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2013 | 07h26

SÃO PAULO - Colocado em uma lista de dispensas e apontado como um dos culpados pela eliminação do São Paulo na Libertadores, o lateral-esquerdo Cortez espera voltar das férias com o futuro decidido. Mas dificilmente isso vai acontecer. Após dez dias de folga, o jogador deve se reapresentar e passar pelo constrangimento de ser colocado para treinar separado do grupo.

“Sei que estão trabalhando para conseguir o melhor para mim e estou no aguardo do melhor desfecho possível. Vou me reapresentar normalmente ao São Paulo na segunda-feira (amanhã) e continuarei esperando a decisão sobre o meu futuro”, disse o lateral.

Um fio de esperança de voltar a ser aproveitado apareceu com a lesão de Carleto, que só volta aos gramados em 2014. O problema, porém, é que o São Paulo agiu rápido e contratou Reinaldo, reserva no Sport, o que serviu para deixar ainda mais claro para Cortez que ele realmente é carta fora do baralho para o técnico Ney Franco.

Santos, Vasco e Cruzeiro chegaram a procurar o jogador, mas a negociação não foi adiante. Dos sete dispensados, apenas Cortez e Fabrício ainda estão no São Paulo. João Filipe e Luiz Eduardo foram para o Náutico, Cañete defende a Portuguesa, Wallyson está no Bahia e Henrique Miranda foi emprestado ao Figueirense.

O São Paulo se reapresenta amanhã de manhã, e à tarde vai para Cotia, onde fica até sexta em regime de concentração. No sábado, o time faz um amistoso contra o Flamengo, em Uberlândia, e no dia 3 de julho enfrenta o Corinthians, no Morumbi, pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.