Divulgação
Divulgação

Cosmos fará amistoso com seleção de Cuba em Havana, em junho

Após 16 anos, um time americano volta a jogar na ilha caribenha

O Estado de S. Paulo

09 Março 2015 | 09h17

 Clube tradicional dos Estados Unidos, no qual Pelé encerrou sua carreira, o New York Cosmos continua chamando atenção no cenário mundial. Desta vez, pelo fato de o clube confirmar um amistoso com a seleção de Cuba, em Havana, no dia 2 de junho. Após 16 anos, um clube norte-americano volta a jogar na ilha caribenha.

A marcação do jogo do time do experiente espanhol Raúl e do brasileiro Marcos Senna com a seleção cubana só foi possível graças ao restabelecimento das relações diplomáticas entre os países. Cuba sofria um embargo dos EUA desde 1961 após a revolução social de 1959.

O amistoso servirá para estreitar as relações e também como preparação dos cubanos para a Copa Ouro. E como o cubano é apaixonado pelo esporte em geral, a expectativa é de grande público para o jogo. Em 1999, também em tentativa de restabelecimento das relações, o Baltimore Orioles visitou a seleção cubana de beisebol ,e venceu apertado, por 3 a 2, em Havana. O duelo foi presenciado por 55 mil pessoas, todas convidadas pelo então presidente Fidel Castro, que fez do amistoso um ato político.

Agora, o chamariz é a presença do ídolo espanhol Raúl. O eterno camisa 7 ainda não está confirmado no jogo, mas garante que fará tudo para brilhar pelo clube americano. "Tentarei estar à altura da brilhante história do Cosmos. E foi uma decisão correta em vir para cá", afirmou Raúl, que deve estrear pelo clube no dia 18 de abril, diante do Tampa Bay Rowdies, no Nova York Shuart. Aos 37 anos, ele já pensa na aposentadoria, mas antes quer buscar mais títulos.

Ver um clube norte-americano jogando em solo cubano é algo raro para os mais novos. Mas foi tradição nos anos 50, com o Blooklyn Dodgers e o New York Yankees sempre atuando na ilha de Fidel Castro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.