Costa do Marfim é multada por tragédia nas Eliminatórias

A Fifa anunciou nesta quarta-feira uma punição dupla à Costa do Marfim, por causa dos distúrbios que causaram a morte de 22 pessoas e deixaram outros 130 torcedores feridos em março deste ano, durante o jogo contra Malavi, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

AE-AP, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 14h12

A federação local foi multada em US$ 46,8 mil (cerca de R$ 90 mil) e o estádio Felix Houphouet-Boigny, palco do incidente, teve sua capacidade reduzida de 34.600 para 20 mil lugares para o próximo jogo, contra Burkina Fasso, no dia 5 de setembro.

A seleção da Costa do Marfim lidera o Grupo E, com 9 pontos - apenas o primeiro colocado vai ao Mundial. Depois, enfrenta ainda o Malavi, fora de casa, no dia 10 de outubro, e faz seu último jogo em casa diante de Guiné, no dia 14 de novembro, em local ainda indefinido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.