Costa do Marfim joga por milagre contra Coreia do Norte

Apontada como a seleção africana mais ofensiva e com maior qualidade individual, Costa do Marfim precisará mais do que nunca de eficiência no setor ofensivo nesta sexta-feira. Para se classificar às oitavas de final da Copa do Mundo, terá que golear a Coreia do Norte, às 11 horas (de Brasília), no estádio Mbombela, em Nelspruit, e torcer para que o Brasil vença Portugal no outro jogo do Grupo G.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2010 | 06h04

Os "Elefantes" têm apenas um ponto e dois gols negativo de saldo. Além de torcer para os brasileiros, terá que tirar uma diferença de sete gols, que é o saldo dos portugueses. E a história das Copas não está a favor de Drogba e companhia. Desde 1930, somente seis jogos terminaram com um placar com diferença de oito ou mais gols.

"Há uma partida a ser jogada e devemos a nós mesmos uma vitória e esperar que os outros acontecimentos se desenvolvam a nosso favor. A Copa ainda não terminou", disse o lateral-direito Demel.

Em todo caso, o técnico sueco Sven-Goran Eriksson sairá com toda a artilharia par acima dos norte-coreanos. Isso significa que há a possibilidade de a equipe atuar com três atacantes. Neste caso, sairia um meio-campista e Gervinho, tradicional arma do segundo tempo dos jogos, faria companhia a Drogba e Kalou na frente.

Por outro lado, os norte-coreanos não têm mais nenhuma chance de avançar às oitavas de final. Irão a campo, no entanto, dispostos a apagar a péssima imagem deixada na derrota por 7 a 0 para Portugal, na última segunda. "Nos resta uma partida. Reforçaremos nossas habilidades mentais e trabalharemos bem", disse o técnico da equipe, Kim Jung Hun.

FICHA TÉCNICA:

Coreia do Norte x Costa do Marfim

Coreia do Norte - Myong Guk Ri; Jong Hyok Cha, Chol Jin Pak, Jun Il Ri e Kwang Chon Ri; Yun Nam Ji, Yong Jo Hong, Nam Chol Pak e Yong Hak An; In Guk Mun e Tae-Se Jong. Técnico: Kim Jon Hun.

Costa do Marfim - Barry; Demel, Kolo Touré, Zokora e Tiené; Eboue, Yaya Touré, Tioté e Dindan; Kalou e Drogba. Técnico - Sven Goran Eriksson.

Árbitro - Alberto Undiano Mallenco (Espanha).

Horário - 11 horas (de Brasília).

Local - Estádio Mbombela, em Nelspruit (África do Sul).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.