Issouf Sanogo/AFP
Issouf Sanogo/AFP

Costa do Marfim perde, mas segue líder de grupo nas Eliminatórias

Marfinenses são derrotados em casa pelo Gabão, por 2 a 1, e continuam com sete pontos no Grupo C

Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2017 | 19h23

A Costa do Marfim manteve a liderança do Grupo C das Eliminatórias Africanas da Copa do Mundo de 2018, nesta terça-feira, apesar da derrota para o Gabão, por 2 a 1, em casa. Pela mesma chave, o Marrocos empatou sem gols com o Mali, longe de sua torcida.

Jogando diante da torcida, na cidade de Bouaké, a Costa do Marfim levou 2 a 0, com gols de Axel Meye e Mario Lemina. Mas, contando com um jogador a mais desde o início do segundo tempo, descontou na etapa final com gol de Gnaly Maxwell Cornet.

Com o tropeço, a seleção de Salomon Kalou e Gervinho estacionou nos sete pontos, mas segue na primeira colocação do Grupo C. Nas Eliminatórias Africanas, somente o primeiro colocado de cada chave fatura a vaga no Mundial da Rússia.

Em segundo lugar, a equipe do Marrocos desperdiçou a chance de assumir a ponta do grupo, ao ficar no 0 a 0 com o Mali, fora de casa. Assim, chegou aos seis pontos, ainda na vice-liderança. O Gabão é o terceiro colocado, com cinco.

No Grupo D, os resultados desta terça embolaram a chave. O Cabo Verde venceu a África do Sul por 2 a 1, enquanto Senegal e Burkina Faso empataram por 2 a 2. Burkina e Cabo Verde lideram a disputa, com seis pontos cada. O Senegal soma cinco e a África do Sul, sede do Mundial de 2010, tem quatro.

Faltando duas rodadas para o fim das Eliminatórias do continente, a República Democrática do Congo empatou com a Tunísia por 2 a 2, em casa, pelo Grupo A. Apesar dos revés, os tunisianos seguem na ponta, com dez pontos. O rival tem sete.

No Grupo B, a Zâmbia bateu a Argélia por 1 a 0, fora de casa. E, no Grupo E, Gana goleou o Congo por 5 a 1, enquanto o Egito bateu Uganda por 1 a 0, diante de sua torcida.

Tudo o que sabemos sobre:
Eliminatórias da Copa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.