Costa do Marfim vence a Coreia do Norte, mas acaba eliminada

Africanos se despedem da Copa do Mundo com vitória por 3 a 0 contra os asiáticos

LUIZ RAATZ - estadão.com.br

25 de junho de 2010 | 12h53

 Marfinenses comemoram gol contra coreanos. Foto: Kim Cheung/AP

SÃO PAULO - A Costa do Marfim teve inúmeras oportunidades para construir a maior goleada da Copa, mas acabou vencendo a Coreia do Norte por 3 a 0 em Nelspruit, nesta sexta-feira, 25. Ao todo foram 24 finalizações, 13 delas no gol. Os coreanos deram apenas dois chutes. As duas equipes acabaram eliminada da Copa. Yaya Touré e Romaric marcaram os gols da partida.

Veja também:

mais imagens GALERIA: Coreia do Norte x Costa do Marfim

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador   

Precisando vencer, torcer para uma derrota portuguesa e ainda tirar uma diferença de 9 gols de saldo, a Costa do Marfim foi com tudo para cima da Coreia do Norte. No primeiro ataque da partida, Keita recebeu na área e chutou forte, mas o goleiro Myung defendeu. 

Aos 8, Kolo Toure fez o goleiro trabalhar outra vez em cobrança de falta. O gol parecia ser uma questão de tempo. Gervinho arrancou pela esquerda e cruzou, mas ninguém chegou para completar para o gol vazio.  Drogba marcou de cabeça aos 10, mas o bandeira marcou impedido.

Aos 13, a Costa do Marfim conseguiu marcar seu primeiro gol. Yaya Toure recebeu na entrada da área e colocou no cantinho do goleiro. Faltavam oito gols e uma ajudinha brasileira em Durban.

 Coreia do Norte Coreia do norte0
Myong Guk Ri, Jong Hyok Cha, Chol Jin Pak e Ri Jun Il e Kwang Chon Ri; Yun Nam Ji, Yong Jo Hong, Pak Nam Chol e An Yong Hak; In Guk Un (C. Kum Chol) e Tae-Se Jong
Técnico: Kim Jong-un
 Costa do Marfim Costa do Marfim3
Barry, Boka, Kolo Touré, Zokora e Eboue; Yaya Touré, Tioté, Romaric (Doumbia, Keita (Kalou) e Gervinho (Dindane); Drogba
Técnico: Sven Goran Eriksson
Gols: Yaya Touré aos 14 e Romaric aos 20 do primeiro tempo; Kalou aos 37 do segundo tempo

Árbitro: Alberto Undiano

Estádio: Mbombela, em Nelspruit

A Costa do Marfim seguia a todo vapor. Romaric acertou um chute cruzado na trave aos 16. Aos 19, Drogba dominou na área e mandou uma bomba na trave. No rebote, Romaric cabeceou para o gol vazio. 2 a 0.

Aos 23, a Coreia do Norte teve sua melhor chance em uma cobrança de falta. Yong-jo cobrou para fora.

A Costa do Marfim deu uma diminuída no ritmo. Mesmo assim, aos 31 do primeiro tempo, já havia dado 11 chutes a gol contra dois dos coreanos.

Aos 36, Drogba então dominou a bola na linha de fundo, e em lindo drible se livrou de dois coreanos, mas ninguém acompanhou. No lance seguinte, Gervinho entrou na área e chutou, mas a bola resvalou na trave e saiu.

O segundo tempo começou mais truncado.  A Costa do Marfim tinha um pouco mais de dificuldade para chegar à meta adversária. Aos 19, Eriksson mexeu. Entraram Kalou e Dindane no lugar de Keita e Gervinho.

A Costa do Marfim, no entanto, estava com a pontaria azeda. Kalou, duas vezes, e Noka, tiveram chances, mas chutaram para fora. Aos 37, Kalou fechou o marcador.

 

 

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.