Costa Rica prepara retranca para enfrentar a Alemanha

O técnico da Costa Rica, o brasileiro Alexandre Guimarães, decidiu mudar de estratégia, recuar os jogadores e apostar numa tática defensiva para o jogo contra a Alemanha, no dia 9 de junho, partida que marcará a abertura da Copa do Mundo. "Em comparação com outras grandes equipes internacionais, a Alemanha joga mais devagar. Entretanto, temo que seu ritmo ainda seja muito rápido para nós", confessou Guimarães em entrevista à revista esportiva alemã Sport-Bild. O técnico comentou que o futebol da América Central "é um pouco lento" e que por isso "teme a velocidade da Alemanha". Para estudar o esquema tático dos alemães, Guimarães vai utilizar a tecnologia e utilizará o Posicap 2.0, um programa de computador desenvolvido por estudantes da Universidade de Colônia. "Com esse programa adquirimos informações valiosas, que podem aumentar nossas possibilidades contra os alemães", explicou Guimarães. Além da Alemanha, o Equador e a Polônia são os outros integrantes do grupo da Costa Rica na Copa do Mundo.

Agencia Estado,

24 Maio 2006 | 12h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.