Cotação de Robinho é exagero, diz agente

Ninguém discute que Robinho é um dos grandes jogadores do futebol mundial da atualidade. Mas os 18 milhões de euros que a imprensa espanhola diz que o Real vai pagar por ele não passam de fantasia. A afirmação é do procurador do próprio atacante, Wagner Ribeiro. Segundo o empresário, não existe a possibilidade de algum clube europeu desembolsar tamanha quantia para levar o craque santista.Se o Santos mudar de idéia e resolver negociá-lo, terá de aceitar cerca de US$ 10 milhões. "Essa história de que o Real Madrid está oferecendo 18 milhões de euros é fantasia da imprensa espanhola, que exagera nesse tipo de notícia", declarou Ribeiro. "A referência para o mercado europeu é o que foi pago na contratação do Kaká: US$ 8,250 milhões. Ele era, na época, o grande jogador do Brasil e não saiu por valor tão elevado." Ribeiro dá como exemplo as últimas negociações feitas pelo Real. O meio-campista dinamarquês Gravesen, ex-Everton, da Inglaterra, foi levado por cerca de 3 milhões de euros neste ano.Florentino Pérez, o presidente do clube espanhol, pagou cerca de 8 milhões de euros por Michael Owen, ex-atacante do Liverpool e titular da seleção inglesa. "E o Owen já é um jogador consagrado na Europa", observou o empresário.Embora Ribeiro e Robinho não admitam, o atacante santista gostaria de se transferir para o Velho Continente já nesta temporada. Ele se acha maduro para jogar numa grande agremiação da Espanha ou da Itália. O Santos tem 60% de seus direitos. Os outros 40% são do próprio Robinho.Pero no mucho - O atacante comenta estar feliz na Vila Belmiro, mas afirma reservadamente a amigos que uma mudança para a Europa seria importante para a carreira. Nas entrevistas, apesar de não comentar sobre transferências, diz, abertamente, que espera ajudar o time a ter sucesso no Campeonato Paulista e na Libertadores. Não vai, porém, mais longe. Praticamente não cita o Campeonato Brasileiro, que começa em abril e termina apenas em dezembro. Seu desejo é mesmo acertar com o Real em julho.Os espanhóis colocam seu nome como um dos primeiros na lista de reforços. Vanderlei Luxemburgo insiste em sua contratação e a diretoria aprovou. "O Robinho tem tudo para ser um dos grandes craques do futebol mundial em pouco tempo", avaliou o treinador. Não será, contudo, fácil convencer Marcelo Teixeira, o presidente do Santos, a liberá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.