Javier Torres/ AFP
Javier Torres/ AFP

Coudet lamenta confusão e reclama de postura da Conmebol

Torcedores chilenos entraram em conflito com a polícia e protagonizaram cenas de batalha no estádio Nacional de Santiago

Redação, Estadao Conteudo

04 de fevereiro de 2020 | 21h02

Após o empate sem gols do Internacional contra a Universidad de Chile, fora de casa, o técnico Eduardo Coudet comentou sobre as confusões fora do campo, afirmando que o clima tenso atrapalhou as duas equipes. Enquanto a bola rolava, torcedores chilenos entraram em conflito com a polícia e protagonizaram cenas de batalha no estádio Nacional de Santiago.

"Sabíamos dos problemas sociais que vêm acontecendo, mas nós não somos quem tem de tomar alguma decisão. Tanto a arbitragem quanto as pessoas da Conmebol decidiram por manter o jogo correndo e nós temos de acatar", afirmou.

O volante Edenilson reforçou o coro do treinador e lembrou que o principal prejudicado foi o goleiro Marcelo Lomba, já que a confusão se deu nas proximidades do campo de defesa do Inter no segundo tempo.

"Acredito que atrapalhou, principalmente o Lomba. A manifestação começou quando nós defendíamos daquele lado. O jogo poderia ter parado, mas a arbitragem achou melhor seguir", disse.

Com o empate sem gols, o Inter precisa de uma vitória simples para se classificar na próxima terça-feira, quando receberá a Universidad de Chile no Beira-Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.