Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Courtois falha, Chelsea sua, mas supera o Hull por 3 a 2 pelo Inglês

Resultado mantém equipe seis pontos à frente do segundo colocado

Estadão Conteúdo

22 Março 2015 | 15h04

O líder Chelsea teve muito trabalho e suou para conquistar mais uma vitória no Campeonato Inglês e voltar a abrir distância na ponta da tabela. Neste domingo, o time londrino precisou superar uma falha bizarra do goleiro Courtois para fazer 3 a 2 no Hull City, fora de casa, pela 30.ª rodada.

O resultado levou o Chelsea a 67 pontos, seis à frente do Manchester City e ainda com um jogo a menos. A equipe volta a campo no dia 4 de abril para pegar o Stoke City, em casa. Já o Hull City parou nos 28, na 15.ª posição, e terá pela frente o Swansea, fora de casa, também no dia 4.

Apesar do equilíbrio no confronto, o começo do jogo foi todo do Chelsea, que foi para cima e marcou o primeiro logo com um minuto. Hazard recebeu na intermediária de Diego Costa. Sem opções para passe pela frente, conduziu e encheu o pé de esquerda, cruzado, sem chance para McGregor.

O Hull respondeu aos quatro e perdeu grande chance, quando Abel Hernández foi lançado nas costas da defesa, entrou na área sozinho e bateu em cima de Courtois. Só que aos nove, Diego Costa não desperdiçou. O atacante recebeu em rápido contra-ataque, invadiu a área pela esquerda e, mesmo marcado de perto, encontrou uma brecha para acertar o canto esquerdo do goleiro.

Parecia que o Chelsea golearia, mas o Hull aproveitou um apagão na defesa adversária para marcar. Aos 26, Robertson fez linda jogada pela esquerda, dividiu com Ivanovic e cruzou para El Mohamady, que aproveitou cochilo de Filipe Luis e tocou para a rede.

Menos de um minuto depois, saiu o empate em erro crasso de Courtois. Ivanovic recuou para o goleiro, que tentou o drible ao invés de bater para frente. Ele adiantou demais e a bola caiu no pé de Hernández, que tocou para o gol vazio.

O segundo tempo seguiu movimentado e o equilíbrio foi mantido. O Chelsea chegou primeiro, logo aos três minutos, mas Fàbregas errou o alvo. O Hull, por sua vez, não deixou barato e exigiu uma sequência de três incríveis defesas de Courtois aos 18 minutos.

Quando o ritmo finalmente diminuiu e o empate parecia encaminhado, o Chelsea chegou à vitória. Após boa jogada pela direita, Willian tocou para o meio. Remy, que havia acabado de entrar, chegou batendo de primeira, em cima do goleiro, que foi mal para a bola e viu ela passar por ele.

EVERTON VENCE

Em outra partida deste domingo pelo Campeonato Inglês, o Everton derrotou o Queens Park Rangers por 2 a 1, mesmo fora de casa, e subiu para 34 pontos, na 13.ª posição. Os londrinos seguem na zona de rebaixamento, em penúltimo, com 22. Coleman e Aaron Lennon marcaram para os visitantes, enquanto o ex-gremista Eduardo Vargas fez o gol de honra dos donos da casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.