Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Coutinho estreia, Barcelona bate Espanyol e vai à semi da Copa do Rei

Meia brasileiro entra em campo aos 22 minutos do segundo tempo; Messi e Suárez marcam na vitória por 2 a 0

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2018 | 20h34

O Barcelona suou, mas garantiu vaga nas semifinais da Copa do Rei nesta quinta-feira. Depois de perder na ida por 1 a 0, o time venceu o clássico catalão diante do Espanyol por 2 a 0, no Camp Nou, e comemorou a classificação no dia que marcou a estreia de Philippe Coutinho pelo clube.

+ Real Madrid dá vexame, perde do Leganés e é eliminado da Copa do Rei

O brasileiro iniciou a partida entre os reservas, mas entrou no segundo tempo e mostrou boa movimentação, mesma situação do volante Paulinho. Outro reforço recém-contratado pelo clube, o zagueiro Yerry Mina permaneceu no banco durante os 90 minutos e ainda não estreou.

Em um confronto bastante truncado, Luis Suárez e Lionel Messi marcaram os gols que deram ao Barça a última vaga nas semifinais do torneio. Além do clube catalão, seguem na briga pelo título da Copa do Rei o Leganés, que surpreendeu ao eliminar o Real Madrid, o Sevilla e o Valencia.

O jogo desta quinta também será lembrado pelas homenagens a Mascherano, que se despediu do Barcelona após sete anos e meio para atuar no futebol chinês, pelo Hebei Fortune. O time catalão, agora, volta as atenções para o Campeonato Espanhol, no qual lidera e vai encarar o Alavés domingo, novamente em casa. No mesmo dia, o Espanyol visita o Leganés.

Precisando do resultado, o Barcelona tomou o campo de ataque nos primeiros minutos desta quinta e não demorou para abrir o placar. Logo aos nove, Messi recebeu na intermediária e deu ótima enfiada para Aleix Vidal, que chegou cruzando. Pau López ficou no meio do caminho e Suárez cabeceou para o gol praticamente vazio.

A torcida da casa ainda comemorava quando o Espanyol quase chegou ao empate. Praticamente no lance seguinte, Moreno recebeu dentro da área e encheu o pé, mas em cima de Cillessen.

O início animado logo daria lugar a um jogo truncado, com muitas faltas e parado no meio de campo. Até que Messi contou com a sorte para ampliar aos 24 minutos. Ele tentou passe para Vidal, errou, mas ficou com a sobra. O argentino, então, tentou arriscar de longe e se aproveitou de um desvio no meio do caminho para matar Pau López.

O gol deixou o Espanyol atordoado, e o Barcelona aproveitou para pressionar. Aos 28, Sergi Roberto fez ótima jogada pela direita e tocou no meio para Suárez, mas o espanhol furou de frente para o gol. Em lance semelhante, mas pelo outro lado, Alba foi à linha de fundo e tocou para Messi. De direita, o argentino finalizou rente à trave.

O Espanyol voltou mais ofensivo para a etapa final e teve bom momento com cinco minutos, quando Léo Baptistão ganhou de Piqué, invadiu a área e parou em Cillessen. A resposta do Barcelona aconteceu aos nove, outra vez com Messi, que arriscou da entrada da área e exigiu ótima defesa de Pau López.

O jogo voltou a perder em emoção e Ernesto Valverde decidiu lançar Paulinho a campo, na vaga de Vidal. Pouco depois, foi a vez de Philippe Coutinho entrar no lugar de Iniesta. E com poucos minutos em campo, o meia mostrou bom entendimento com Messi, recebeu e cruzou para Suárez, mas Pau López fez grande defesa. No rebote, Rakitic parou em outra ótima intervenção do goleiro.

O Barcelona seguiu melhor após a entrada de Coutinho e quase ampliou aos 33 minutos, em outra finalização de fora da área de Messi, que passou perto. Aos 42, a última grande chance dos donos da casa, outra vez com Messi, de cabeça. Desta vez, a trave salvou o Espanyol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.