CPI abre ação fiscal contra Aremithas

A CPI do Futebol aprovou nesta quinta-feira, no Senado Federal, o pedido de abertura de ação fiscal, na Secretaria da Receita Federal, contra o funcionário do Vasco da Gama, Aremithas José de Lima. A comissão determinou o envio do sigilo bancário de Lima, porque os senadores constataram "discrepâncias entre sua movimentação bancária e os rendimentos de declarações no Imposto de Renda", do funcionário do Vasco. Outro requerimento aprovado convoca o empresário de futebol Francisco Monteiro, responsável pela negociação de jogadores como Djalminha, Antônio Carlos, Cafu e Luizão.Convite - A CPI do Futebol convidou o jornalista Armando Nogueira, colunista de O Estado de S. Paulo, para "prestar informações e sugestões à comissão". A data do depoimento de Armando Nogueira ainda não foi determinada pela comissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.