CPI: contador do Vasco pode ser preso

O contador do Vasco da Gama, Vanderlei Doring, disse na CPI que recebe mensalmente do clube, R$ 4.500,00 , para prestar assessoria na área de informática. Mas assegurou aos senadores que não declara esse valor no Imposto de Renda, porque já descontou muito IR, referente a outros rendimentos. Diante de tantas contradições em seu depoimento a expectativa na CPI é que Doring seja preso a qualquer momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.