CPI convoca presidente do Cruzeiro

O presidente da CPI do Futebol, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), decidiu hoje, no final da manhã, convocar o deputado federal Zezé Perrela (PFL-MG), para depor na CPI na qualidade de presidente do Cruzeiro de Belo Horizonte. A CPI também convocou seis funcionários da Federação Mineira de Futebol (FMF) para prestarem depoimento junto à Polícia Federal acompanhada de assessores da CPI. Foram convocados Marcos Perrela, presidente do comitê da Copa Centenário; Flávio Luiz Ferreira, José Guilherme Ferreira Filho e Paulo Alves de Assis, tesoureiros da Federação; além de Wagner Soares, contador e Flávio Ancelmo, prestador de serviços da FMF. Todas essas pessoas são, segundo a CPI, suspeitas de envolvimento nas irregularidades apuradas pela comissão na Federação. Álvaro Dias também comunicou a suspensão do depoimento do presidente da Federação Carioca de Futebol, Eduardo Viana, conhecido por Caixa D´água. Segundo o senador "não realizaremos a oitiva enquanto o senhor Eduardo Viana não remeter a esta CPI o livro razão da Federação". Álvaro Dias determinou que funcionários da CPI viagem ao Rio de Janeiro para trazer o livro razão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.