CPI dá prazo para Onaireves convencer

Depois de quatro horas de duração, terminou na CPI da CBF/Nike, o depoimento do presidente da Federação Paranaense de Futebol Onaireves Moura. De acordo com o presidente da comissão deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) "o presidente de uma entidade que aplica mais de U$ 300 mil em ouro e que nem lembra da existência dessa operação e uma entidade que saca cheque na ?boca? do caixa sem comprovação do seu destino, fica evidenciadao que essa administração está comprometida e a investigação só será completa com a quebra dos sigilos fiscal e bancário de Moura."A CPI deu prazo a Onaireves Moura até 28 de março para que o presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF) encaminhe à comissão cópia da documentação da conta da Comissão de Construção do Estádio Pinheirão, administrada pela entidade.Na manhã desta quinta-feira, às 9h30, a CPI ouve o depoimento do jogador Roberto Carlos. O atleta do Real Madrid, da Espanha, estava no mesmo quarto na concentração durante a Copa do Mundo, na França, em 1998, quando Ronaldo sofreu uma convulsão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.