CPI do Senado ouve dirigentes do Fla

A CPI do Futebol, no Senado, tem dois depoimentos programados para a manhã desta quinta-feira. Serão ouvidos o ex-presidente do conselho fiscal do Flamengo, Roberto Abranches, que pediu para falar em sessão fechada, e o ex-conselheiro do clube carioca, Paulo César Ferreira. Os dois devem depor sobre possíveis irregularidades na administração do Fla.Após os depoimentos dos flamenguistas, os senadores irão votar o requerimento pedindo a quebra do sigilo bancário e fiscal do responsável pelo departamento de futebol amador do Vasco da Gama, Aremithas José de Lima. Na sua conta foi descoberto um depósito de R$2,03 milhões feito pela Vasco Licenciamento. O ex-presidente do clube carioca, Antonio Soares Calçada, disse no seu depoimento à CPI, na terça-feira, que o dinheiro seria empregado na compra de comida para os atletas amadores porque as contas bancárias do Vasco estavam bloqueadas pela Justiça. Os senadores não acreditaram na explicação que, aliás, só foi empregada quase dois meses depois de divulgada a informação sobre esse depósito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.