CPI: Jimmy Martins depõe nesta quinta

A CPI da CBF/Nike ouvirá na manhã desta quinta-feira o depoimento do empresário Jimmy Martins, acusado de participação no esquema de falsificação de passaportes. "Minha dúvida è se ele virá depor", disse o deputado Eduardo Campos. Jimmy Martins já deveria ter prestado depoimento na semana passada, mas a CPI adiou para esta quinta, atendendo a pedido de Martins. Segundo o presidente da CPI, deputado Aldo Rebelo, o empresário alegou que seu advogado, Alberto Rollo, tinha viagem marcada para o exterior e não poderia acompanhá-lo. Falando à Agência Estado, Alberto Rollo não negou as acusações de que Jimmy Martins teria entregue ao ex-jogador Careca o passaporte falso usado pelo jogador Jeda. Martins também é acusado de fornecer o passaporte falso de Dedé. Um deputado da CPI, que pediu para não ser identificado, disse que o depoimento de Jimmy Martins "pode terminar em cadeia", insinuando que o empresário tem se passado por agente credenciado da Fifa, com o nome falso de Bernardo Chlaem "e não de Afonso Martins Costa Filho seu nome verdadeiro, além de outras denúncias que nós já temos na CPI".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.