CPI manda polícia atrás de vascaíno

Para verificar o que realmente ocorreu com o funcionário do Vasco, Aremithas Lima, que faltou à sessão da CPI do Futebol no Senado nesta quinta-feira, a comissão providenciou há pouco a ida ao Rio de Janeiro de uma delegação formada pelo delegado da Polícia Federal, Luiz Carlos Zubcov, por dois médicos do Senado e por assessores da CPI. A ordem era para que eles fossem atrás de Aremithas logo que desembarcassem, por volta das 19hs. A busca seria iniciada no hospital de Clínicas Doutor Aloan, onde ele estaria internado, de acordo com o advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.