CPI não afeta candidatura do Brasil à Copa, diz Blatter

Presidente da Fifa sinaliza que país será mesmo confirmado como sede de 2014.

Thomas Pappon, BBC

29 de outubro de 2007 | 18h00

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, negou nesta segunda-feira que a instauração de uma CPI no Brasil para investigar irregularidades no futebol possa ameaçar a candidatura brasileira para a realização da Copa do Mundo de 2014.Após uma reunião de seis horas do comitê executivo da entidade, Blatter disse que a Fifa está tratando "apenas parcialmente de problemas, como no caso do Corinthians", e da "transferência de dinheiro para o exterior, como no caso Tevez"."Não tratamos ainda do assunto totalmente. Mas ele não tem influência sobre o processo da candidatura do Brasil", disse Blatter, contrariando afirmações do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, de que a Fifa estaria vendo a CPI como uma ameaça à realização da Copa no Brasil.Blatter sinalizou que o Brasil será mesmo confirmado como sede da Copa de 2014 nesta terça-feira."Não sei como eles poderiam dizer não", disse Blatter, em uma referência aos integrantes do Comitê Executivo da Fifa, que se reunirão na terça-feira para avaliar a candidatura."Coisas como CPI, Tevez... são outras coisas", disse o presidente da Fifa.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.