CPI ouve opiniões de Roberto Carlos

O lateral-esquerdo Roberto Carlos, do Real Madrid (Espanha), já está depondo na CPI da CBF/Nike, na Câmara. Indagado apenas sobre a sua opinião sobre certos assuntos, neste começo da sessão, o jogador considerou "desagradável" a derrota do Brasil para a França na final da Copa do Mundo de 98. Ele lamentou que, no momento, o maior problema do futebol brasileiro é o calendário, mas elogiou o prestígio dos atletas que estão atuando no País.Ao comentar a Lei Pelé, que acaba com o passe no País a partir da próxima segunda-feira, Roberto Carlos disse que "pode melhorar a situação dos jogadores, mas é certo que vai prejudicar os clubes". Ele também revelou na CPI que ainda não entendeu direito o conteúdo da nova legislação que entrará em vigor. O jogador do Real Madrid negou que esteja se naturalizando espanhol e afirmou que se o técnico Emerson Leão "optou por escolher outro lateral para o seu lugar, isso é ótimo, pois significa que o brasil tem outros bons laterais-esquerdo.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.