Bartolomiej Zborowski/EPA/EFE
Bartolomiej Zborowski/EPA/EFE

Craque da Polônia, Lewandowski diz que vai deixar pressão da torcida de lado

Seleção do país volta a disputar uma Copa do Mundo depois de 12 anos e estreia na terça-feira contra Senegal, em Moscou

Estadão Conteúdo

15 Junho 2018 | 19h30

O atacante Robert Lewandowski afirmou nesta sexta-feira, 15, que a Polônia vai deixar de lado a pressão por um bom desempenho na Copa do Mundo da Rússia. A expectativa maior é sempre dos torcedores, que não esquecem os dois terceiros lugares nos Mundiais de 1974, na Alemanha Ocidental, e 1982, na Espanha.

+ Lewandowski marca dois e Polônia goleia Lituânia antes de viagem para Rússia

+ Atacante do Senegal, Niang mostra confiança e vê grupo de jogadores 'competitivo'

+ Técnico da Polônia minimiza problemas físicos e prevê Glik de volta

"Os torcedores poloneses sempre acreditam, eles sempre mantêm os dedos cruzados, mas eles também exigem muito. Pressão sempre existiu e sempre existirá. Mas vamos colocá-la de lado", disse o craque à Fifa TV.

A Polônia volta a disputar uma Copa do Mundo depois de 12 anos, pois não se classificou para os torneios de 2010 e 2014.

O técnico Adam Nawalka tem grande preocupação com o jogo de estreia contra Senegal, nesta terça-feira, às 12 horas (de Brasília), em Moscou. Os africanos perderam apenas uma das 10 últimas partidas e tem sido minuciosamente analisado nos últimos três aos, afirmou Hubert Malowiejski, chefe da equipe do "banco de informações" da Polônia.

 

O integrante do staff polonês vê os africanos "muito fortes na frente". "Os clubes em que eles jogam falam por si", disse Malowiejskio. Alguns dos jogadores senegaleses jogam em clubes como Torino, Napoli, Hannover, Monaco, West Ham e a estrela é Sadio Mané, do Liverpool.

Depois de enfrentar Senegal na estreia, pelo Grupo H, a Polônia pega a Colômbia, no dia 24, e o Japão, no dia 28, no encerramento da primeira fase da Copa do Mundo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.