Crespo pensa em deixar a Lazio

O atacante argentino Hernán Crespo ficou indignado com os violentos protestos dos torcedores da Lazio na concentração de Formello e fala em deixar o clube antes do término do seu contrato em 2005. Mais de uma centena de torcedores invadiu o local para cobrar os atletas depois da goleada por 5 a 1 para o arqui-rival Roma, na última rodada do Italiano. A diretoria da Lazio, por sua vez, tenta trazer de volta o meio-campo argentino Verón, do Manchester.

Agencia Estado,

13 Março 2002 | 19h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.