Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Cria da base e pupilo de Telê, Márcio Araújo comandará o São Paulo

Auxiliar substitui o suspenso Fernando Diniz na partida contra o Internacional, nesta quara-feira

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2019 | 09h00

Com o técnico Fernando Diniz suspenso da partida contra o Internacional pelo terceiro cartão amarelo (dois acumulados ainda quando estava no Fluminense e um recebido na derrota para o Grêmio), o São Paulo será comandado pelo auxiliar Márcio Araújo, cria da base do clube e que fez parte do time que ficou conhecido como "Menudos do Morumbi"

Na época, na década de 80, Márcio Araújo era um jogador polivalente. Atuava em diversas posições e chegou a deixar o volante Paulo Roberto Falcão, grande contratação do clube, no banco de reservas durante a conquista do Campeonato Paulista de 1985. Ele ainda foi campeão brasileiro em 1986.

Após pendurar as chuteiras, Márcio Araújo voltou ao São Paulo para ser auxiliar de Telê Santana. Virou treinador quando Telê não pôde assumir o comando do Palmeiras por causa de problemas de saúde. Rodou alguns clubes até se afastar do futebol em 2015. Nesta temporada, em 2019, entretanto, ele recebeu o convite de Fernando Diniz para ser seu auxiliar técnico no Fluminense e aceitou. Os dois se conhecem desde a década de 90, quando Márcio Araújo ficava à beira do campo e Diniz era jogador.

Hoje com 59 anos, Márcio Araújo exaltou o retorno ao São Paulo. "Para mim é uma honra e uma emoção muito grande poder voltar para um clube que me formou, que foi a extensão da minha casa. Fui jogador da base e vim para o profissional. O São Paulo é um lugar que você só vai sentir falta no dia em que for embora, vai conseguir ver a diferença que tem no dia em que for embora, porque vai ficar com muita saudade e vai querer voltar", afirmou o auxiliar para a TV do clube.

Márcio Araújo gosta do jeito que Diniz arma seus times, com valorização da posse de bola. "Ele tenta uma forma de jogar futebol diferente". Como treinador, Márcio Araújo conquistou a Copinha de 1993 com o São Paulo, o Campeonato Mineiro de 2000 com o Atlético-MG e o Troféu do Interior do Campeonato Paulista de 2007 com o Guaratinguetá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.