Fernando Ribeiro/ Criciúma
Fernando Ribeiro/ Criciúma

Criciúma confirma negociação e Gustavo faz exames para assinar com Corinthians

Atacante de 22 anos chega para melhorar nível do ataque alvinegro

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2016 | 10h57

O Criciúma emitiu um comunicado na manhã desta terça-feira informando que recebeu uma proposta oficial do Corinthians pelo atacante Gustavo. A oferta por 35% dos 70% dos direitos econômicos do jogador que o clube detém já foi aceita. O atacante de 22 anos, assim, já viajou a São Paulo e realizará exames médicos ainda nesta terça-feira. Se for aprovado, a negociação será concretizada, segundo explicou o Criciúma. Os valores envolvidos, porém, não foram revelados. 

"O jogador fez a solicitação para ser negociado. Diante da proposta e da opção do atleta, foi aberta a negociação entre as partes envolvidas", informou a nota do clube. "Gustavo passará por exames médicos em São Paulo nesta terça-feira, para posteriormente ser feita a assinatura de contrato e a efetuação do pagamento à vista. Somente após esses procedimentos a negociação será definitivamente concretizada." 

Gustavo despontou no Criciúma em 2014, mas foi emprestado posteriormente à Resende, Atlético Tubarão e Nacional, de Portugal. De volta ao clube catarinense no início deste ano, ele tem feito uma excelente temporada - é o artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro, com 11 gols, ao lado do vascaíno Nenê. 

Se confirmada a negociação, Gustavo se encontrará com um antigo companheiro de clube, Lucca, que chegou ao Corinthians em 2015. Há poucos meses o Criciúma negociou outro jovem atacante ao futebol paulista: Roger Guedes, para o Palmeiras. 

Gustavo chega para preencher a principal lacuna do elenco corintiano. Isto porque ele atua como centroavante fixo, posição que apenas André sabe, de origem, desempenhar. O atacante, porém, não conseguiu se firmar e pode ir parar no português Sporting. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.