Criciúma convence STJD e recupera os três pontos no Brasileiro

Clube de Santa Catarina havia sido punido por uma escalação irregular, mas reverteu a sanção no pleno do Tribunal nesta quinta

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 16h34

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de três pontos no início do recesso do Brasileirão, o Criciúma conseguiu reverter a sanção nesta quinta-feira no Pleno do Tribunal. Com isso, a equipe catarinense sai da berlinda - estava a uma posição da zona da degola - e abre quatro pontos de vantagem sobre o Coritiba, que hoje seria o primeiro entre os rebaixados.

Em junho, o Criciúma foi punido por unanimidade pela 2ª Comissão Disciplinar do STJD por escalar o atacante Cristiano contra o Goiás, em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão. O jogador, porém, estava suspenso em virtude de uma punição sofrida ainda no ano passado, quando atuava pelo Naviraiense.

Nesta quinta-feira, o Criciúma usou a mesma linha de defesa que fracassara no primeiro julgamento - a de que não sabia da suspensão por falha no sistema da CBF, que não informava. Mas, desta vez, a maioria dos auditores acatou a tese da defesa e absolveu o clube.

Na semana passada, o diretor de registro e transferências da CBF, Luiz Gustavo Vieira, foi demitido da entidade. No cargo desde 1989, ele estava desgastado em virtudes de sucessivos problemas nos registros de atletas, que estava levando muitas partidas a serem decididas no STJD.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCriciúmaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.