Jonathan Silva/Brasil de Pelotas
Jonathan Silva/Brasil de Pelotas

Criciúma derrota Brasil em Pelotas e deixa a zona da degola da Série B

Reis, aos 24 minutos do primeiro tempo, fez o único gol da partida

Redação, Estadão Conteúdo

11 de junho de 2019 | 22h08

O Criciúma vai poder trabalhar com tranquilidade durante a Copa América. Isso porque deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B ao derrotar o Brasil de Pelotas por 1 a 0, nesta terça-feira, no Estádio Bento Freitas, pela oitava rodada. O único gol do duelo foi marcado por Reis.

Com o resultado, o Criciúma deixou a zona da degola e chegou aos nove pontos na tabela de classificação, mesma pontuação do Brasil de Pelotas, que leva a melhor nos critérios de desempate.

O Brasil aproveitou o embalo recebido com o apoio dos seus torcedores para pressionar o Criciúma. Logo aos seis minutos, Marcinho cruzou na cabeça de Murilo Rangel, que testou firme para um milagre do goleiro Luiz. Douglas Baggio também arriscou de fora da área, mas mandou por cima.

O Criciúma foi equilibrando as ações e acabou abrindo o marcador aos 24 minutos. Após bela jogada de Vinícius, Léo Gamalho fez o corta-luz e deixou para Reis. O atacante mandou com categoria para o fundo das redes.

O time gaúcho saiu em busca do empate, mas a tentativa de Marcinho, com o goleiro adiantado, parou em Platero, que afastou o perigo. Pelo lado do Criciúma, Liel, da marca do pênalti, teve a chance de ampliar. O chute foi rente à trave.

O segundo tempo começou em ritmo mais lento. Em vantagem, o Criciúma se fechou e deixou o jogo truncado. O Brasil tentou encontrar espaços na defesa rival, mas ficou na dependência das tentativas de Marcinho, que não estava com o pé calibrado.

Na base do contra-ataque, o Criciúma até conseguiu criar algumas oportunidades, como no chute de Léo Gamalho, mas foi eficiente mesmo em administrar o resultado e conseguir três pontos importantes, fora de casa, antes da parada para a Copa América.

Na próxima rodada, após a Copa América, o Brasil enfrentará o Botafogo-SP no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Já o Criciúma pegará o Coritiba no Heriberto Hülse. Datas e horários ainda serão definidos pela CBF.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 0 X 1 CRICIÚMA

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ednei (Ricardo Luz), Bruno Aguiar, Leandro Camilo e Sousa; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Marcinho e Murilo Rangel (Daniel Cruz); Douglas Baggio (Bruno Paulo); Rafael Grampola. Técnico: Rogério Zimmermann.

CRICIÚMA - Luiz; Marcos Vinícius, Platero, Derlan e Marlon; Liel, Wesley e Eduardo (Jean Mangabeira); Reis (Reinaldo), Léo Gamalho e Vinícius (Caíque). Técnico: Gilson Kleina.

GOL - Reis, aos 24 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Jose Claudio Rocha Filho (SP).

CARTÕES AMARELOS - Leandro Camilo (Brasil de Pelotas); Luiz, Caíque, Marlon, Wesley e Reis (Criciúma).

RENDA - R$ 47.440,00.

PÚBLICO - 2.431 pagantes.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.