Caio Marcelo/Criciuma.com.br
Caio Marcelo/Criciuma.com.br

Criciúma goleia Paysandu e reage na Série B, mas segue na zona do rebaixamento

No estádio Heriberto Hülse, time catarinense goleou por 4 a 1, em jogo válido pela nona rodada

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 21h42

Após conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B, ao bater o Avaí por 1 a 0 na rodada passada, o Criciúma deu sequência à sua reação nesta terça-feira à noite. No estádio Heriberto Hülse, goleou o Paysandu por 4 a 1, em jogo válido pela nona rodada, e renovou as esperanças da torcida.

+ Confira a classificação da Série B do Brasileiro

Apesar do segundo triunfo consecutivo, o time catarinense segue na zona de rebaixamento com sete pontos. O Paysandu, que entrou em campo ocupando a terceira colocação, estaciona nos 15 pontos e pode terminar a rodada fora da zona de classificação.

A partida começou com domínio do Criciúma, que conseguiu manter a posse de bola e mostrava uma recuperação rápida nos momentos em que o adversário tentava alguma ação. Apesar disso, o time da casa teve dificuldades para converter esse domínio em chances claras de gol.

O Criciúma só colocou fogo no jogo quando João Paulo obrigou Renan Rocha a fazer uma grande defesa, aos 33 minutos. O lance inflamou o time da casa, que conseguiu abrir o placar com cabeceio de Zé Carlos, aproveitando cruzamento de João Paulo após falha da defesa, aos 36. O segundo gol saiu as 45 minutos, quando o inspirado João Paulo tocou para Eduardo acertar um chute no cantinho.

No retorno para a etapa complementar, o time catarinense não deu muito tempo para que o Paysandu pensasse em uma reação. Logo aos nove minutos, a bola desviou após cruzamento de Eduardo e sobrou para Zé Carlos, que ficou sozinho próximo ao segundo pau e cabeceou para ampliar.

Aos 36, Thomaz diminuiu para o Paysandu, mas já era tarde para reagir. Antes do apito final, o Criciúma ainda conseguiu fazer o quarto, em cobrança de pênalti de Elvis, aos 45 minutos.

O Paysandu volta a campo na próxima sexta-feira para enfrentar o Goiás no Mangueirão, às 20h30. No sábado, é a vez do Criciúma receber o Boa no Heriberto Hülse, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 4 X 1 PAYSANDU

CRICIÚMA - Luiz; Sueliton, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo, Luiz Fernando (Marlon Freitas) e Elvis; João Paulo (Nicolas) e Zé Carlos (Julimar). Técnico: Mazola Júnior.

PAYSANDU - Renan Rocha; Edimar, Douglas Mendes (Claudinho) e Diego Ivo; Maicon Silva, Renato Augusto, Alan Calbergue (Danilo Pires) e Carlinhos; Mike (Moisés), Cassiano e Thomaz. Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS - Zé Carlos, aos 36, e Eduardo, aos 45 minutos do primeiro tempo; Zé Carlos, aos nove, Thomaz, aos 36, e Elvis, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBTIRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS - Eduardo (Criciúma); Mike (Paysandu).

RENDA - R$ 44.980,00.

PÚBLICO - 2.269 total.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.