Criciúma terá Lori Sandri no banco

O técnico Lori Sandri finalmente assinou contrato e poderá comandar o Criciúma no jogo deste domingo, contra o Juventude, no estádio Heriberto Hulse. Ele já estava treinando a equipe catarinense há 51 dias, mas oficialmente ainda estava preso ao Verdy Tóquio, do Japão.Gilson Kleina, que vinha dirigindo a equipe enquanto o caso não era resolvido, assume o cargo de auxiliar técnico.Cléber Gaúcho será a novidade do time, no lugar de Alexandre, que cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Nas demais posições a equipe será a mesma pela quarta partida consecutiva.

Agencia Estado,

12 de julho de 2003 | 17h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.