Criciúma vence o Fluminense por 2 a 0

Jogando em casa, o Criciúma venceu o Fluminense por 2 a 0 na tarde deste domingo, na estréia das duas equipes no Campeonato Brasileiro. O Fluminense esperava uma pressão desde o início e, por conta disso, resolveu esperar o ataque adversário e partir nos contra-ataques. O objetivo era resistir aos primeiros 15 minutos e, a partir daí, sair em busca do gol que pudesse lhe dar a vitória. Mas não deu certo a estratégia do técnico Renato Gaúcho. O Fluminense foi dominado desde o início do jogo e acabou perdendo o jogo. Tico abriu o marcador a oito minutos, aproveitando confusão na área do time carioca, mostrando que o Criciúma vinha determinado. O segundo gol veio logo em seguida. Dejair recebeu lançamento longo aos 15 minutos e da entrada da área fulminou para as redes de Kléber. Os catarinenses continuaram pressionando, mas na medida em que o tempo passava, o Fluminense conseguiu se acertar um pouco mais. O primeiro tempo terminou equilibrado. Apesar disso, não conseguiu levar perigo à meta do goleiro Fabiano. Na etapa final, Renato Gaúcho tornou o time mais ofensivo, tirando Marciel e escalando o atacante Marcelo. O time até criou boas oportunidades, mas não conseguiu converter. "Sabíamos que haveria a pressão, mas não conseguimos segurar", lamentou o atacante Marcelo.Ficha Técnica: Criciúma: Fabiano, Paulo César Baier, Cametá, Luciano e Luciano Almeida; Cléber Gaúcho, Paulo César, Juca, Dejair (Guilherme); Delmer (Thiago Freitas) e Tico (Léo Mineiro). Técnico: Edson GaúchoFluminense: Kléber, Jancarlos, Rodolfo, Zé Carlos e Júnior César; Marcão, Alex Oliveira (Zada), Dejair (Fernando Diniz) e Carlos Alberto; Ademilson e Marciel (Marcelo). Técnico: Renato Gaúcho Árbitro: Francisco Carlos Vieira (PR)Cartões Amarelos: Paulo César Baier, Cléber Gaúcho e Dejair (Criciúma); Zé Carlos, Júnior César, Marcão, Alex Oliveira e Dejair (Fluminense) Renda: Não divulgada Público: Não divulgadoLocal: Estádio Heriberto Hullse

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.