Cris é a única dúvida de Scolari

O Cruzeiro embarcou na noite desta terça-feira para São Paulo sem escalação definida. Scolari terá os retornos do lateral Sorín e do meia Ricardinho, que não atuaram no empate de 1 a 1 com a Caldense, no fim de semana - resultado que tirou o time da capital da decisão do Mineiro. Em compensação, o zagueiro Cris, com problemas musculares, é dúvida.O treinador vetou os reservas imediatos - Cléber e Marcelo Djian - e, se não der para Cris, a solução poderá ser improvisar o meia Marcus Vinícius na defesa, ao lado de Luisão. No meio, Scolari também manteve suspense: não disse se joga com dois volantes, o que garantiria a escalação do apoiador Jackson, ou com três, escalando Marcos Paulo, Cléber Monteiro e o próprio Ricardinho. Certo mesmo é que o chamado "carrasco" do Palmeiras, Marcelo Ramos, fica no banco, pois o ataque terá apenas Oséas e Geovanni.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.