Crise asfixia clubes brasileiros

O futebol brasileiro caiu na real. Dirigentes voltaram a lembrar que é necessária uma planilha de receitas e despesas e que a primeira precisa ser maior que a segunda para poder sobreviver. Mas a lembrança chegou da pior maneira possível. Com clubes asfixiados financeiramente, dívidas contadas em dezenas de milhões de dólares e falta de capital para investimentos. Os sinais aparecem a cada momento nos mais diversos cantos.Leia matéria completa no JT

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.