Crise prejudica a venda de ingressos no Palmeiras

A crise do time, que provocou a saída do técnico Emerson Leão, abalou a confiança do torcedor do Palmeiras. Nesta segunda-feira, primeiro dia da venda de ingressos para o clássico de quarta, contra o São Paulo, pela Libertadores, o movimento nas bilheterias do Palestra Itália foi muito fraco.Na manhã desta segunda-feira, quando abriram as bilheterias, cerca de 200 torcedores do Palmeiras chegaram a formar uma fila no Palestra Itália. Mas, logo depois, o movimento diminuiu bastante e pouca gente apareceu para comprar seu ingresso.Por questões de segurança no Palestra Itália, a Polícia Militar liberou a venda de 24 mil ingressos para o clássico de quarta-feira. Os são-paulinos terão direito a apenas 2 mil bilhetes desta cota, que serão comercializados no Estádio do Morumbi.Na quarta-feira, no Palestra Itália, Palmeiras e São Paulo fazem o primeiro jogo das oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. Enquanto os são-paulinos curtem boa fase, os palmeirenses atravessam crise, depois da humilhante derrota para o Figueirense (6 a 1, no sábado) e a demissão do técnico Leão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.