Daniel Augusto JR|Agência Corinthians
Daniel Augusto JR|Agência Corinthians

Cristian ainda pode custar até R$ 4 milhões ao Corinthians

Afastado pela diretoria, volante tem contrato com o clube até dezembro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 de março de 2017 | 07h01

O Corinthians anunciou na quinta-feira o afastamento do volante Cristian dos treinamentos com os demais jogadores, mas assegurou que continuará pagando seu salário até o fim do contrato, em dezembro. Caso realmente não consiga encontrar uma nova equipe para o jogador, a diretoria alvinegra terá que pagar cerca de R$ 4 milhões ao atleta pelos meses restantes de seu vínculo.

Cristian é dono de um dos maiores salários da equipe, algo em torno de R$ 420 mil. O jogador chegou a aparecer na lista de possíveis reforços de alguns clubes - entre eles o Avaí e a Chapecoense, mas as conversas não foram adiante por causa justamente do alto salário. 

A diretoria admite que espera por propostas, mas jura que não sairá oferecendo o atleta. "Se alguém tiver interesse, vamos conversar. Sem ressentimentos. O que for bom para o Corinthians e  para o jogador, vai acontecer", disse o diretor de futebol, Flávio Adauto. 

Antes, os corintianos não cogitavam a possibilidade de emprestar Cristian pagando parte do salário, mas com afastamento do atleta, o clube já trabalha com essa possibilidade. "Não estamos felizes com a postura dele, mas não iremos colocar a faca no pescoço de ninguém. A gente vai respeitar o histórico do atleta e a única diferente em relação ao que estava acontecendo antes é que agora ele fará um trabalho em horário diferenciado", explicou Adauto. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.