Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Cristian esquece Corinthians em apresentação no Grêmio: 'Já foi'

Volante evita falar sobre afastamento do alvinegro em entrevista coletiva no tricolor gaúcho

Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2017 | 17h06

O volante Cristian, apresentado nesta terça-feira como novo integrante do elenco do Grêmio até o fim da temporada, demonstrou entusiasmo pela oportunidade de voltar aos gramados pelo time gaúcho. O jogador revelou que está à disposição do técnico Renato Gaúcho para a equipe na sequência do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores.

"Estou muito feliz. É um time grande, que está buscando coisas boas no campeonato, disputando a Libertadores. Quando houve esse interesse, não pensei duas vezes. O André (Zanotta, diretor de futebol) me ligou, queria vir no mesmo dia. Mas tinha que resolver outras coisas. Acho que o importante é ajudar, independente de onde for entrar", frisou o jogador.

Aos 33 anos, Cristian garantiu, em entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Luiz Carvalho, que está bem fisicamente e não deverá demorar muito para retomar a forma técnica. Mas o jogador evitou falar sobre os motivos de seu afastamento do Corinthians e projetou permanecer no Grêmio na próxima temporada.

"São coisas internas, faz parte, já foi. Agora, vamos pensar no Grêmio. Tenho três meses de contrato. Espero focar aqui esses três meses para dar continuidade no meu trabalho", ressaltou o meio-campista, que utilizará a camisa de número 66 (um pedido do filho, Cristian Júnior).

O vice-presidente de futebol gremista, Odorico Roman, revelou que o clube já havia tentado contratar Cristian no início do ano e que, agora, a chegada do volante deverá suprir o espaço deixado por Maicon, que passou por cirurgia no tendão de Aquiles e não deverá atuar mais nesta temporada.

"O Cristian no início do ano foi analisado, nós observamos e, em um determinado momento, foi analisada a possibilidade de trazê-lo, mas na época tínhamos outras prioridades. Com a lesão do Maicon, buscamos um jogador com o perfil parecido, uma liderança, um jogador experiente, de toque de bola refinado, como o Maicon tem - sem querer comparar os dois -, de bom passe. E isso encaixou no que nós pretendíamos", frisou o dirigente.

Cristian iniciou a carreira nas categorias de base do Paulista, de Jundiaí, clube pelo qual se destacou no histórico título da Copa do Brasil de 2005, em final contra o Fluminense. Depois, o volante passou por Atlético-PR, Flamengo e Corinthians, onde participou da conquista do Campeonato Brasileiro da Série B, em 2008, além da Copa do Brasil e do Paulistão de 2009.

O jogador foi negociado com o Fenerbahçe, da Turquia, onde atuou por cinco temporadas, até retornar ao Corinthians, no final de 2014. No entanto, a segunda passagem de Cristian pelo time alvinegro não teve o mesmo sucesso, apesar de ter atuado em 49 partidas e integrado o elenco que ganhou o título do Brasileirão de 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
GrêmioCristianCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.