Cristiano Ronaldo diz que ainda é amigo de Wayne Rooney

Português foi flagrado piscando para o banco de reservas após causar a expulsar do inglês na Copa de 2006

Reuters,

03 de outubro de 2007 | 16h13

O meia português Cristiano Ronaldo disse que sua amizade com o companheiro de Manchester United Wayne Rooney permanece intacta, mesmo com o episódio da expulsão do inglês na Copa da Alemanha. Cristiano Ronaldo, de 22 anos, foi criticado por ter pressionado o juiz a expulsar Rooney nas quartas-de-final da Copa, no jogo em que Portugal bateu a Inglaterra. "Meu relacionamento com ele é ótimo, e sempre foi, antes da Copa, depois da Copa e agora", disse Ronaldo no lançamento de um livro em Old Trafford, nesta quarta-feira. "Às vezes, depois de um jogo, de cabeça quente, a gente diz uma coisa que não queria dizer. Depois, vê as coisas como são, e pensa como as pessoas são legais, que o clube é fantástico, e tudo se resolve." No episódio, Cristiano Ronaldo foi flagrado pelas câmeras piscando para seu banco de reservas, enquanto Rooney deixava o campo, expulso. Muita gente achou que o incidente ia obrigar Cristiano Ronaldo a deixar o Manchester United, mas, mais de um ano depois, o português diz estar feliz por ter ficado. "Jogo aqui há cinco anos e quero continuar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.