Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cristiano Ronaldo diz que colocou a carreira em risco ao jogar a Copa

Português revela que sofria com dores na reta final da temporada e não deveria ter jogado sequer a decisão da Liga dos Campeões

EFE

28 de agosto de 2014 | 10h51

O atacante Cristiano Ronaldo confirmou nesta quinta-feira que pôs em risco sua carreira por ter entrado em campo na final da última Liga dos Campeões da Europa e também na Copa do Mundo. De acordo com o português, ele, que sofreu no período com uma tendinite no joelho, forçou a musculatura e poderia ter tido problemas.

"Claro que arrisquei a carreira, mas na vida nada se ganha sem sacrifícios, e às vezes temos que arriscar", afirmou o jogador português em entrevista ao jornal português A Bola, reiterando que não poderia ficar de fora de compromissos tão importantes. "Em outra circunstância poderia ter administrado de outra maneira, mas por ser a Liga e o Mundial, é mais difícil".

Apesar de admitir a contusão, Cristiano negou que isso foi o fator principal pela decepcionante campanha de Portugal na Copa do Mundo, que terminou com eliminação na ainda na primeira fase. "Não acho que os médicos foram os responsáveis pela incompetência da seleção. (...) Há ciclos para jogadores, treinadores e dirigentes".

O craque, que garantiu que espera estar ao nível mais alto de sua forma física já nos próximos dias, também comentou que considera normal a rivalidade com Lionel Messi e descartou que ambos tenham uma má relação fora dos campos. "Somos companheiros e colegas de profissão. Fora do mundo do futebol, não temos relação por vários fatores, como ocorre com outros jogadores", disse, prevendo que no futuro os dois vão "rir juntos" dessa rivalidade e encarar as comparações com "espírito positivo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.