Cristiano Ronaldo diz que estava pronto para decidir

O atacante Cristiano Ronaldo não escondeu a satisfação por ter feito o gol na última cobrança, que garantiu a classificação de Portugal para a semifinais da Copa do Mundo, eliminando a Inglaterra, neste sábado, em Gelsenkirchen. "Estava cheio de confiança para a cobrança e chutei forte." Apesar de o jogo deste sábado ter ido para a prorrogação e os pênaltis, o atacante acredita que o desgaste físico não será problemas para a partida de quarta-feira, em Munique. "Estava um pouco cansado desde o segundo tempo, mas estou pronto para o jogo de quarta. Temos quatro dias para nos recuperarmos, então acho que todos estaremos prontos", disse Cristiano Ronaldo. Sobre o lance da expulsão de Weyne Rooney, o português assegurou que não pediu ao árbitro argentino Horacio Elizondo que expulsasse o inglês. Cristiano Ronaldo foi o primeiro a chegar junto ao árbitro para recriminar a ação do adversário. "Disse que tinha que apitar falta, mas não pedi que mostrasse o cartão vermelho. Não entendo que haja polêmica."

Agencia Estado,

01 Julho 2006 | 17h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.