Walter Bieri/AP
Walter Bieri/AP

Cristiano Ronaldo diz que resolveu desavença com Blatter

Presidente da FIFA havia zombado do jogador português

Brian Homewood, Reuters

13 de janeiro de 2014 | 14h38

ZURIQUE - Cristiano Ronaldo resolveu uma desavença com Joseph Blatter iniciada quando o presidente da Fifa fez uma brincadeira sobre cabelereiro e uma aparente imitação do atacante português. "O assunto está no passado", disse o jogador do Real Madrid em entrevista coletiva antes da entrega do prêmio Bola de Ouro, nesta segunda-feira. "Conversamos por telefone para esclarecer tudo que precisava ser esclarecido." A desavença surgiu em outubro quando Blatter, durante um discurso na Oxford University Union, na Inglaterra, disse que Ronaldo parecia um "comandante" no campo de jogo.

O chefe da Fifa então levantou da cadeira e caminhou pelo palco em estilo militar, numa aparente imitação do jogador. Blatter também disse que Ronaldo tinha "mais despesas com o cabelereiro do que (Lionel Messi)", o que gerou reações firmes de Ronaldo e do Real Madrid. O presidente da Fifa depois desculpou-se, dizendo que não teve a intenção de ofender. Ronaldo ganhou a Bola de Ouro de 2008, mas desde então foi desbancado por Messi na premiação nos quatro anos seguintes.

"Estou feliz apenas por estar no pódio", disse o atacante do Real na entrevista desta segunda, ao lado de Messi e do francês Franck Ribéry, os outros candidatos ao prêmio de 2013. "Se eu vencer, perfeito. Se não, então a vida segue normalmente, tentando levar mais sucesso ao Real."

Tudo o que sabemos sobre:
FutinterCristiano RonaldoBlatter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.