Ander Gillenea/AFP
Ander Gillenea/AFP

Cristiano Ronaldo é exaltado por Zidane após definir vitória: 'De outra galáxia'

Técnico do Real Madrid e jogadores brasileiros rasgam elogios ao atacante depois de jogo contra o Eibar

EFE

10 Março 2018 | 20h22

O técnico Zinedine Zidane voltou a distribuir elogios a Cristiano Ronaldo por mais uma atuação decisiva pelo Real Madrid. O atacante marcou os dois gols da equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Eibar, fora de casa, neste sábado, pelo Campeonato Espanhol.

+ Sem Messi, Coutinho decide com golaço e Barcelona supera Málaga no Espanhol

+ Willian marca e conduz Chelsea à vitória sobre o Crystal Palace no Inglês

"Ele é de outra galáxia. O que faz é muito positivo, sabe que vai marcar. Com dois gols, quer marcar o terceiro. É um jogador diferente, especial. Seus números falam por si", afirmou o ex-jogador francês.

Falando sobre o jogo, Zidane reconheceu que o Eibar teve atuação "claramente superior, principalmente no primeiro tempo", mas não se mostrou surpreso, alegando que sabia "que seria uma partida muito difícil". "Sofremos e tivemos dificuldades com a bola, mas soubemos sofrer juntos, que é o mais importante", disse.

BRASILEIROS

Quem também não poupou elogios ao português foi o brasileiro Casemiro, titular do Real diante do Eibar. "Temos que continuar aproveitando ter o melhor do mundo. É um prazer tê-lo ao nosso lado", afirmou à beira do campo, em entrevista à rede de televisão "beIN Sports".

O lateral-esquerdo Marcelo foi outro que exaltou Ronaldo: "Não tenho o que falar, quando precisamos, o Cristiano sempre está lá. Ele não fala nada fora e decide dentro de campo", disse na zona mista, após o duelo.

ARTILHARIA

Com os dois gols marcados neste sábado, Cristiano Ronaldo chegou à marca de 18 gols nesta edição do Espanhol. Ele é o terceiro maior artilheiro da competição, atrás de Suárez, com 21, e Messi, líder com 24 tentos. Se na Espanha ele é ultrapassado pelos sul-americanos, na Liga dos Campeões ele é o goleador máximo, com 12 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.