Alberto Lingria/Reuters
Alberto Lingria/Reuters

Cristiano Ronaldo é o mais bem pago na Itália e supera sozinho 10 equipes

Segundo levantamento do jornal Gazzetta dello Sport, o português recebe R$ 132 milhões por ano

O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2018 | 11h25

Grande contratação da Juventus para a temporada 2018-2019, Cristiano Ronaldo é o jogador mais bem pago entre os 548 inscritos para a disputa do Campeonato Italiano. Segundo levantamento do jornal Gazzetta dello Sport, o português recebe R$ 132 milhões por ano, número superior ao investimento total de outras 10 equipes com todo seu elenco no torneio.

Higuaín, que deixou a Juventus para defender o Milan, fatura R$ 45 milhões por temporada e aparece como o segundo maior salário na Itália. Dybala (R$ 33 milhões), Pjanic e Douglas Costa (R$ 31 milhões) completam o top 5.

A matéria também expõe uma grande disparidade no Campeonato Italiano, onde apenas quatro equipes igualam ou superam os 100 milhões de euros (R$ 481 milhões) no pagamento de salários por ano. Dona de sete títulos nacionais consecutivos, a Juventus tem um gasto anual de R$ 1 bilhão em vencimentos, seguida por Milan (R$ 674 milhões), Inter de Milão (R$ 558 milhões) e Roma (R$ 481 milhões). Na outra ponta da lista, o modesto Empoli tem uma folha salarial de R$ 77 milhões anuais, distribuída entre 30 jogadores.

Durante os últimos dez anos, o Campeonato Italiano vem sofrendo com variações econômicas no pagamento dos elencos. Mas a chegada de Cristiano Ronaldo fez a Série A alcançar um recorde de R$ 5,4 bilhões em salários.

Apesar deste sucesso financeiro, o melhor jogador do mundo não balançou as redes nos três jogos que fez por sua nova equipe, contra Chievo, Lazio e Parma. A próxima oportunidade de acabar com a seca de gols será no dia 16 de setembro, contra o Sassuolo, no Allianz Stadium.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.