Cristiano Ronaldo erra pênalti e brasileiro faz Bulgária bater Portugal

Marcelinho garante a vitória por 1 a 0 em amistoso

Estadão Conteúdo

25 de março de 2016 | 20h26

De um lado, Marcelinho, amazonense de Manacapuru, 31 anos. Do outro, Cristiano Ronaldo, três vezes Bola de Ouro como melhor jogador do mundo. Nesta sexta-feira, quem brilhou foi o brasileiro, que marcou logo na sua estreia pela seleção de Bulgária e foi determinante na vitória por 1 a 0 sobre Portugal em amistoso disputado em Leiria. O craque do Real Madrid perdeu um pênalti.

Marcelinho defendeu clubes pequenos antes de disputar o Paulistão de 2010 pelo Mogi Mirim e o do ano seguinte pelo Bragantino. Em 2011 mesmo ele se transferiu para o Ludogorets, tornando-se ídolo no país e tetracampeão nacional - a equipe tem tudo para faturar o penta, com Marcelinho e Jonathan Cafu, ex-São Paulo, no ataque.

Agora que a naturalização saiu, Marcelinho estreou pela seleção da Bulgária como titular e fazendo gol. Aos 19 minutos do primeiro tempo, trombou com a dupla de zaga de Portugal, conseguiu um 'rolinho' sem querer em Pepe e, caindo chutou pegando o goleiro Anthony Lopes desprevenido.

Quando o gol saiu, Cristiano Ronaldo já havia perdido um gol claro, sem goleiro. No segundo tempo, o craque teve a chance de empatar numa cobrança de pênalti. Não bateu bem, mas o goleiro Stoyanov foi até quase a linha da pequena área para defender.

Classificada para a Eurocopa, a seleção de Portugal volta a campo na terça-feira, novamente em casa, para pegar a Bélgica - o jogo estava marcado para acontecer em Bruxelas, mas foi transferido por conta do atentado terrorista de quarta-feira. A Bulgária visita a Macedônia.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCristiano Ronaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.