Cristiano Ronaldo faz dois e Real Madrid goleia em casa

MADRI - Pressionado pelo fato de o rival Barcelona ter vencido o Atlético de Madrid no sábado e aberto 10 pontos de vantagem na liderança do Campeonato Espanhol, o Real Madrid entrou em campo neste domingo, no estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, pela 22.ª rodada, com a obrigação de vencer a Real Sociedad. E cumpriu sua missão de forma tranquila: aplicou uma goleada de 4 a 1, com dois gols do atacante português Cristiano Ronaldo e um do meia brasileiro Kaká.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2011 | 18h35

Com a fácil vitória em casa, o Real Madrid chegou aos 54 pontos, sete atrás do líder Barcelona. Na briga pela artilharia, que também envolve os dois maiores clubes da Espanha, a disputa está equilibrada. Tanto Cristiano Ronaldo quanto o argentino Lionel Messi já marcaram 24 gols na competição.

O triunfo merengue começou a ser construído logo no início da partida. Titular neste domingo, Kaká abriu o placar aos oito minutos. Antes do intervalo, Cristiano Ronaldo fez sua parte em campo com seus dois gols - aos 21 e aos 42 minutos.

Na segunda etapa, poucos minutos antes de ser substituído pelo argentino Di María, Kaká acertou um forte chute no travessão. Aos 27, a Real Sociedad diminuiu em um gol contra do zagueiro Arbeloa, que deu azar depois da defesa do goleiro Casillas em um chute de Tamudo. Mas o Real Madrid conseguiu a goleada com o primeiro gol do atacante togolês Adebayor pela equipe merengue em um chute cruzado aos 44 minutos.

Em outro jogo disputado neste domingo, o Sevilla tropeçou em casa ao empatar sem gols com o lanterna Malaga. O resultado colocou o time de Sevilha, que conta com os brasileiros Luís Fabiano e Renato, na sétima colocação com 31 pontos. O Malaga, do meia-atacante Júlio Baptista, soma 18.

Veja também:

link Kaká diz que medo tem atrapalhado seu desempenho em campo

link Valencia vence o Hércules e se aproxima do Villarreal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.